Como decorar um quarto de casal pequeno

A vida a dois começa, como já diz a expressão popular, quando se juntam as escovas de dentes. Tudo o que era singular passa a ser conjugado como “nosso” e na hora de decorar o “ninho” do casal, muitos desafios podem surgir. Se você está se preparando para decorar seu novo quarto de casal, não se assuste se o quarto for pequenininho! Dá para fazer um ambiente super aconchegante e funcional com um pouco de jeitinho e planejamento!

1. COMECE PELA CAMA!

Dormir bem é fundamental para saúde e o investimento em uma nova cama pode ser pesado, principalmente se você se arrepender. Por isso, comece seu planejamento acomodando primeiro a cama.

Confira as metragens do seu novo cômodo e veja qual cama é suficientemente confortável para vocês dois. Não tenha medo de abrir mão de um dos lados da cama! Se seu quarto for muito pequenininho, encostar a cama na parede pode ser uma boa solução.

2. EXPLORE O ESPAÇO “MORTO” DA CAMA

Cama é só para dormir? De jeito nenhum! Se você tem um quarto pequeno você não pode se dar ao luxo de dispensar um centímetro cúbico sequer! Algumas camas box já vêm com espaço interno com um acesso basculante , mas o preço pode ser um pouco salgado.

Se você estiver procurando alguma opção mais em conta, utilize caixas organizadoras e outras soluções criativas para usar o espaço debaixo da cama. Guarde nesses espaços peças como jogos de toalhas, roupas de cama, edredons, malas, casacos de inverno ou roupas de festa.

3. ABUSE DE CORES LEVES NO AMBIENTE

Cores claras possuem a propriedade física de refletir luz, enquanto que cores escuras absorvem a mesma. Ao refletir a luz, tem-se a sensação de que o ambiente é maior e mais espaçoso, um recurso indispensável para pequenos cômodos. Para quem tem medo de arriscar, tons pasteis combinados a cores claras e com pouca saturação são o porto-seguro!

Mas se você gosta de um ambiente mais vivo e colorido, escolha um ponto do seu quarto para concentrar essa energia: ou uma das paredes; ou o armário; ou a cama; etc. Ao escolher um único foco e cores claras no entorno, você valoriza a energia que você quer para seu quarto sem sobrecarregar o ambiente.

4. PRIORIZE A SIMPLICIDADE

Muitos ambientes podem ser decorados com móveis e outros objetos repletos de adornos mesmo em espaços pequenos, porém muito cuidado pois é fácil pecar pelo excesso! Na dúvida, opte pela simplicidade! Além de dar menos trabalho de manutenção (limpeza), objetos com menos detalhes criam um ritmo visual mais calmo e neutro.

Se você não abre mão de um estilo mais romântico, uma boa dica é escolher apenas alguns objetos para caprichar no detalhe: ou um espelho bem adornado; ou um jogo de cama florido e com babados; ou então um abajur com muito estilo. Acredite, em um quarto pequeno, menos é mais!

5. EXPLORE A “ILUSÃO DE CONTINUIDADE”

Esta dica é preciosa e não é em qualquer lugar que você a encontra! Este truque consiste em “fundir” a parede com algum elemento do quarto, como a cama por exemplo. Ao escolher uma cor ou textura para a parede no mesmo tom ou com grafismo semelhante ao objeto que está disposto diante dela, você cria uma ilusão ótica que dá maior profundidade para a parede. É como se o cérebro perdesse o referencial do que é chão e o que é parede, alongando a perspectiva.

6. DÊ PREFERÊNCIA A UM GUARDA-ROUPAS “INVISÍVEL”

O guarda-roupas, assim como a cama, ocupa um grande espaço no seu quarto, mas tem a vantagem de ser um móvel vertical. Aproveite essa característica e invista em guarda-roupas de portas inteiras, em cores claras e sem gavetas aparentes (principalmente se organização não for seu forte!), você pode optar até por ter portas inteiras com espelho (foto acima). Desta forma, você vai manter seu quarto sempre em ordem (mesmo que dentro do guarda-roupas esteja uma zona.) e o guarda-roupas “desaparece” na parede (é o mesmo princípio do item 5).

7. ESCOLHA LUMINÁRIAS ALTAS E DELICADAS

Se você gosta de luminárias mais rebuscadas e baixas (penduradas), tente fazer com que ela seja o foco de atenção do seu quarto e, então, abuse das cores leves e elementos neutros no restante do quarto. Mas se você não faz questão de uma luminária especial, procure opções mais simples (sem ornamentos) e que fiquem mais próximas do teto. Um artifício legal é usar luminárias ou abajures alongados nos cantos do cômodo. Ao colocar linhas verticais, você cria um ritmo visual que aumenta a sensação de espaço e conforto.

8. TENHA CRIADOS-MUDOS MULTIFUNCIONAIS

Se você ainda tem um (precioso) espacinho entre a cama e as paredes, invista em um criado-mudo funcional e lindo! Seja para deixar um livro, um remédio, ou o celular carregando, o criado-mudo é uma peça de mobiliário difícil de se abrir mão. Dependendo do espaço que você tem disponível, você pode aproveitar para fazer prateleiras, gaveteiros e até mesmo uma pequena bancada de trabalho no lugar do criado-mudo!

9. USE ESPELHOS COM SABEDORIA

Espelhos são muito bem vindos se posicionados opostos a uma fonte de luz, como uma janela, por exemplo. Ao fazer isso, você “duplica” a luminosidade, deixando o ambiente ainda mais amplo. Mas não se esqueça que o oposto também é verdadeiro! Se você colocar o espelho na parede oposta a uma estante de livros, ou de algum canto do quarto que pode acumular “bagunça”, pense que você terá a sensação de ter o dobro de confusão! Então, ao escolher espelhos para ampliar seu ambiente, tenha certeza que é para multiplicar os pontos fortes do seu quarto.

 

Gostou dessas dicas? A Planejare Móveis tem um ambiente ideal para você!

Solicite agora mesmo um orçamento hoje mesmo.
Acesse: Planejare Móeveis

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s